top of page
Buscar

Ritmo na prática do Ashtanga Yoga


A tradição do Ashtanga Yoga recomenda que você pratique a série de asanas seis dias por semana, descanse nos dias da lua cheia e lua nova. A repetição da série (sequência de posturas) é repetida diariamente e é construída individualmente.


Repetir a série tem várias propósitos e resultados – criar ritmo é o principal propósito da prática. Na natureza observamos os ciclos se repetirem, o dia, a noite, a vida como um todo é um grande ciclo. Na prática do Ashtanga Yoga também, criamos ritmo com a respiração e movimento. Praticar a mesma série de posturas permite explorar cada vez mais as sutilezas do próprio corpo e da mente, quando conseguimos memorizar a série, podemos assim trabalhar os aspectos mais sutis do yoga.


O ritmo elimina as flutuações da mente, nos fornece autonomia e também possibilita o entendimento das posturas, seus efeitos, sua evolução e as pequenas transformações físicas e mentais que ocorrem a cada pratica.


A realidade é que, mesmo a série de posturas sendo sempre a mesma, a prática nunca é igual, pois sofremos influencias externas, internas a todo o tempo, temos dias de mais disposição, outros menos, em alguns momentos o que parecia confortável fica difícil, e o que parecia difícil fica confortável.


Criar uma rotina estabelece sua pratica de yoga, nos Yoga Sutra de Patanjali, observamos os sutras 1.12 [Seu recolhimento (ou seja, o nirodha desses cinco meios de expressão) advém da disciplina e do desapego]; 1.13 [A disciplina é o esforço em permanecer nele (nesse recolhimento)]; 1.14 [Ele (o recolhimento), então, praticado assiduamente com atenção e continuidade por um longo tempo, torna-se uma condição consolidada].

Ao praticar a auto-observação todos os dias, nos tornamos mais conectados com nosso corpo e mente, observando todos os aspectos sutis e expressivos.


Praticar Ashtanga Yoga, demanda esforço, devoção, disciplina e auto-observação constante – não é algo externo, você aplica (e ganha) estes quesitos na própria pratica, a partir das transformações, conforme o seu ritmo é criado, e então você entende que todo este sistema é pela razão mais importante: você.


Se conectar consigo mesmo, ganhar mais saúde física, estabilidade mental, ritmo, rotina, entender cada aspecto do yoga é algo que faz cada vez mais sentido a quem pratica. Permita-se ganhar ritmo.

1 visualização0 comentário

Comentarios


bottom of page